​Biografia

Photo by Carol de Hollanda

Como líder da Orquestra Frevo Diabo, ganhou em 2010 um dos mais expressivos prêmios da musica no país, o "Prêmio da Música Brasileira". Ê produtor do Brazilian Explorative Music Festival e fundou um programa de música brasileira na Global Music Academy (ambos em Berlim). Atualmente reside entre Madrid e Rio de Janeiro e desenvolve um modelo de violao 7 cordas com o luthier de Paco de Lucia, Antonio Morales Nogues.

 

“Daniel Marques é um desses artistas que por sorte encontramos de vez em quando e dizemos: "Wow! De onde foi que esse cara veio?  (Niels Lan Dokky, pianista, banca do Grammy).

Tocou e gravou extensivamente com renomados artistas da música brasileira como Hermeto Pascoal, Badi Assad, Paulo Moura, Guinga, Carlos Malta, Marcos Valle, Zé Paulo Becker, Gilson Peranzzetta, Armandinho, entre outros. E tocou ou dividiu a noite en festivais pelo mundo com grandes nomes internacionais: Randy Brecker, Stanley jordan, John Williams, Paco de Lucia, Yamandu Costa, Charlie Hunter, Incognito, Dominic Miller...

"Talento e virtuosismo de alto nível." 

- The Rolling Stone Magazine

 

Já se apresentou em formato solo, duo e trio assim como solista de orquestra em mais de 200 cidades em vários paises pelo mundo na Ásia, EUA, Europa e América do Sul vistando Índia, China, Itália, Portugal, Alemanha, Rússia, Polônia, Martinica, República Dominicana, Finlândia, Dinamarca, Suécia, Estônia, Alemanha, República Tcheca, Lituânia, Montenegro e Sérvia - Copenhaguen Jazz, APAP (NYC), SXSW (EUA), Art Guitar Fest, Haapavesi Folk, Chicago World Music Festival, Calcutta Guitar Festival, Shenzhen Jazz Festival, Nisville Jazz.

 

Se apresentou em concertos no aniversário da princesa Viktoria da Suécia em seu castelo de verao por 5 anos consecutivos (2008-2012).


Aos 23 anos recebeu o "Prêmio Maestro Eleazar de Carvalho para Jovens Solistas (2002)", apresentando o concerto para violão de Villa-Lobos acompanhado pela Orquestra Nacional Brasileira.

Daniel Marques